Pé na estrada...

Ferrovia em General Câmara, 2012.
Todo mundo possui sonhos, aspirações e desejos para colocar em prática. Alguns sonham pertinho, outros longe, alguns bem alto... outros apenas sonham insistentemente o que parece pequeno para tantos outros. Sonho é algo tão particular e de sentido único que não é possível que duas pessoas sonhem a mesma situação. Aliás, alguns sonhos dizem respeito a coletivos de pessoas, outros são totalmente individuais. Talvez exista um momento e um propósito para tudo, mas eu sempre fico curioso quando um autor diz: "I have dream..."
Quando a origem da expressão é uma pessoa brilhante acaba sendo o algo de todas as atenções, mas a verdade é que existem grandes sonhos vindos de pessoas simples, minimalistas e objetivas, e que sempre surpreendem. O sonho pode ser um grande feito para uma pessoa sem nenhuma atenção das demais... e um alguém muito recebedor de atenções pode dizer que tem um sonho que não desperta nada em seus ouvintes ou observadores. Todo mundo deveria ter um sonho, lógico ou conectado a motivos e transformações. Um idealista da liberdade estende seu sonho para muitas pessoas... notável é a capacidade de doação deste vivente, admirável! Infelizmente, muitos dos sonhos são totalmente individuais e beneficiam somente aos próprios pensadores. Contudo, sonho é sonho, denota liberdade, da expressão e do livre total arbítrio. Seja como for... é tão prazeroso ver as pessoas colocando seus sonhos em prática! Sonhos de voar sobre a bicicleta, de um novo trabalho, da total liberdade de expressão, de ir e vir sem sofrimento de qualquer imposição. Em setembro parto mais uma vez para algum lugar longe de casa... não quero trazer nenhum sofrimento a ninguém pela minha ausência, principalmente a família e amigos, mas preciso colocar em prática um parte de mim que anseia por respostas. Toda viagem é uma jornada espiritual... alguns chamam de outros nomes, mas os índios sabem muito bem o fundamento disto. Logo vai ser a minha vez... logo vai surgir novos traçados do destino. Os pés vão doer novamente, a coluna vai reclamar, o corpo vai perder reservas, mas os olhos e a mente vão ganhar algo muito especial... serão reflexões baseadas em novos horizontes e vivência. Haverá dor? Talvez. Haverá ônus? Talvez, mas haverá crescimento e superação? Sim, sonhadores tendem a crescer fortemente durante jornadas espirituais. Faz planos, materializa sonhos...