O preto e branco para transformar foto em poesia...

Itajaí, SC, 2011.
É difícil explicar, mas isto acontece... Se fosse colorido, não teria mesmo sentimento. Será que a ausência de cores transforma o sentimento? Ou será que a gente presta mais atenção a respeito de detalhes relativos a composição?
O que são dois meninos em um barco pequeno, rumo ao barco grande? Ou não seria rumo ao barco maior, apenas encaixou-se na imagem... 
Não tenho dúvidas de que estes anos envolvido com fotografia me fizeram pensar muito mais a respeito de tantas coisas da vida. O olhar diferente busca o que a linguagem fotográfica pede para contar a história de forma eficiente. E afinal, o que são dois meninos em um barco, um com remo em punhos, outro é caroneiro, mas ao lado esta o caniço. Há tanto para contar... para imaginar! Seria a trajetória de vida de dois meninos que virarão homens e pescadores. Aquele barco grande é o barco do futuro deles? Ou descreve a ambição de todas as profissões quando colocamos o conhecimento e a experiência no planejamento e expectativa de crescimento próprio? O que é para cada um deve dar uma grande pilha de folhas de papel, mas alguma coisa encaixe melhor com cada espectador. Qual é a tua? A minha é tentar contar estas histórias de acordo com o que acontece no mundo...