Ora, raios...

Janeiro de 2015.
No último dia 13 de janeiro, presenciei de longe, na Zona Sul de Porto Alegre, a maior tempestade de relâmpagos que já tive oportunidade de ver. Era um show de luzes piscantes em meio a nuvens, anunciando a chuvarada que apareceu horas depois. Estando muito distante, não foi possível fazer a imagem que eu gostaria, ainda desta forma, fiz um clique de raio que cortava o céu. Utilizei, por motivo da distância, uma teleobjetiva para registrar.