Sopra o terral e a crista da onda vai para trás...

Mar de Mostardas, 2015. Foto: Roberto Furtado
              A função de dar movimento para as fotografias, recurso estático da linguagem de veiculação de notícias. É preciso pensar um pouco, refletir sobre o que se busca. Hoje, de tanto fazer me garanto... faço automaticamente. Sei o que preciso e o resultado é imediato... se ondas seguem em direção a praia, quando venta terral (vento do continente para em direção ao mar), logo se percebe que a onda fica mais tubular... a crista vai para trás. A vantagem da maturidade que me chega aos poucos é saber o que fazer e como esperar... fotógrafo velho é sempre melhor que fotógrafo novo, se tratando de um mesmo indivíduo. Velho é experiente, novo corre mais... mas velho sempre acha um jeito de fazer sem correr!