O uso de redes sociais de imagens...

composição realizada para ilustrar Flickr, Instagram e Pinterest. Autor: Roberto Furtado
               Tenho pensando nas redes sociais como uma forma de divulgação do trabalho... afinal, em tempos de comunicação por rede é assim que deve ser a demonstração do trabalho, das capacidades dos profissionais. O último em que ingressei foi o Pinterest... e até agora foi o menos útil para mim. O Pinterest me parece ser uma mistura de Instagram com Flickr, porém não o acho dinâmico, nem curto o layout, tampouco vejo outras vantagens nele, exceto pelo grande número de adeptos. Mesmo que seja menos popular que o Instagram, o Pinterest possui muito mais usuários que o Flickr. Só que o Flickr é bem mais interessante para mostrar o trabalho dos profissionais da imagem. O popular Instagram tem uma maneira interessante de dinâmica. Sendo uma rede social de poucas palavras e agilidade na publicação e republicação em outras redes sociais, permite que vc se torne rápido e visível. No entanto, Instagram é um sistema que valoriza imagens de telefones... e telefones não possuem qualidade profissional. É um sistema que permite mostrar uma "mostra" do que esta sendo feito. É fraco... não é para fotógrafos, e esta nem é finalidade pretendida. O Flickr me parece sempre, desde o início, um sistema de organização de imagens bem voltado para profissionais da imagem. Com formação de galerias, álbuns e com ferramentas específicas que são incontestáveis. Você sabe com qual máquina a fotografia foi feita e ainda visualiza a configuração utilizada. Entrei no Pinterst... mas acho-o tão ineficiente e desfavorecido em relação a Flickr, mas entendo que popularidade não esta necessariamente ligada aos atributos.