Barbada é o sentimento alheio... banalização dos valores!

Feira do Livro de Porto Alegre, 2015. 

            O que mais faço na atualidade... converso com as pessoas! Sou um repórter, mesmo que fotográfico, sou um jornalista... sou bicho curioso, tenho fome de história! Eu pergunto, pareço metido, osso do ofício! Eu ando muito, detono os tênis... dirijo muito, acabo com os pneus, eu só gostaria de usar a bicicleta bem mais do que tenho usado. Acho que nunca vou ter aquela sensação de que podia ter feito mais coisas... pq estou sempre cansado, pq sempre estou fazendo uma história, sempre conversando com as pessoas. Geralmente, nunca mais vejo, mas algumas vezes fico até amigo. Rede social tem papel importante... promove um encontro ou pelo menos alguma troca de informações, mesmo que em tempos diferentes. Muitas abordagens recebi nos últimos dias, algumas eu mesmo fiz... outras, me espantam. Grosseria é um "troço" que não assimilo bem. Quer conversar, conversa como gente que pode andar solta... quer ser grosseiro, arruma uma pedra pra socar! Acho que educação não é só aquela de saber dizer bom dia, perguntar como as coisas vão... se vc não tem trato pra descartar uma conversa, aí entra naquela história, sabe? Sabe o que tem o vivente mais que eu? Tem mais é que se F....
A grosseria só alimenta duas coisas nesta vida... mágoa e grosseria revertida. E tenho conhecido muita gente grossa, especialmente aqui no RS. Puxa, dizer isto aqui na minha terra é uma tristeza para mim, mas vou dizer. Tenho conhecido paulistas, catarinas, cariocas, amazonenses, gente de todo Brasil. As pessoas mais grossas no sentido de mal tratar as pessoas, tenho visto aqui no Pampa. E não é uma porcaria para se orgulhar... então estamos bem. Nossos livros e serviços não estão valendo nada, nossa segurança embora custosa não nos protege de nada, nossos sentimentos também não... tem pouca coisa de valor atualmente aqui no RS. Me preocupa a projeção exponencial... pq se se vai tão rápido por aí, me pergunto quando finaliza este trabalho invertido do sucesso. Pensa aí... e faz um favor, não me vem com grosseria, caso contrário alguém vai dizer pra vc o que vc tem mais que ele... e isto não é bom! É uma barbada desfazer do sentimento alheio, não?