Evolução...

Estrada Granja Vargas, Dunas Altas. Foto: Roberto Furtado
          Das coisas mais estranhas que eu vivi até hoje, estão justamente aquelas que nos deixam com perguntas que circulam em nossas mentes e que geralmente jamais entregam uma resposta com o tempo. Eu vivi uma estrada, vivi alegria e desventuras, mas por mais que o momento possa ser obscuro, no dia seguinte existe a iluminação. Ninguém se afunda e na tristeza fica para sempre... tristeza é um artifício passageiro que nossa mente cria, tampouco isto acontece sem motivo. Acredito que tristeza é uma criação da nossa mente, justamente para apreciarmos a belezas e felicidades, pois estas sim são mais duradouras. Muito lúdico meu pensamento? É possível que jamais compreendamos uma circunstância negativa como trajetória necessária ou positiva, mesmo que esteja encerrada, mas é justamente das vivências ruins que retiramos o que há de mais valioso no ser humano. E é claro que estou falando do aprendizado e desta evolução. Estou vivendo um novo momento... encontrei a paz quando tudo ficou claro. Somente quando vc coloca tudo fora e torna a juntar somente o que interessa é que encontra a sabedoria para reconstruir tudo que precisa para ser pleno. Que fique claro, plenitude é um estado temporário... vc vai viver, novamente, momentos onde não estará em total estabilidade. E a vida e a natureza são assim... o mar é a prova de que tudo se encontra em movimento! Mar revolto sempre dá lugar a calmaria, e da calmaria virá águas menos tranquilas, e novamente calmaria, na sucessão dos tempos, volta e meia grandes tormentas. A mente do homem imita o mar... pq o ciclo do equilibrio, das energias, rege tudo que conhecemos. Há tanto por saber, mas é notável que isto que conceituamos de física responde o inexplicável ou tenta! Tudo é energia e não sabemos os motivos pelo qual tudo flui de um lado para outro, como se não ouvesse motivo, mas há... e um dia, a humanidade terá estas respostas. Não terá relação com nenhuma religião, talvez, nem mesmo na ciência, que atualmente conhecida como explicadora cética do que pode ser comprovado. É hora de abrir a mente e perceber que estagnamos... e precisamos dar um novo passo. Entraremos em novas tecnologias, novos conceitos, novas formas de viver serão criadas, novas permissões e concessões! E é refletindo sobre estas questões que crescemos, geramos novas linhas de raciocínio, onde tudo recomeça por uma nova teoria. E a resposta de pq é assim... bom, é pq precisamos! Marasmo é para pedras! Vivo o recomeço... encerrei uma etapa muito importante na vida, onde o que era importante agora não tem a menor importância. Agora, o importante é o presente, e o passado teve sua importância... o passado foi importante para eu evoluir. O passado não significa nada, além de compôr o trajeto com os check points (pontos estratégicos e relevantes em nossa evolução).