A inevitável, melhor e única opção...


           É caindo no mundo, e em condições que não controlamos, que compreendemos e experimentamos a mudança. Muitas vezes somos submetidos ao novo, aparentemente desnecessário, e desta forma encontramos o check point (gosto deste termo). O lugar que é um paradouro para a mente, nos coloca em um paradoxo existencial. Ali, ao que parece, tem uma brisa e um banquinho para quem vinha caminhando no sol quente, e é certo que se este alguém somos nós, pararemos para respirar e esfriar a mente. Tomaremos decisões e seguiremos em frente, mas nem tudo é tão simples. E é justamente por ser difícil que vc encontra a melhor opção. Tudo é muito difícil... escolher acaba sendo um alívio, pois após decidido, surge a única opção, ir em frente! Posso dizer que apenas uma parte das minhas escolhas me trouxeram até aqui... outra parte foi sim decisão e ação de outra(s) pessoa(s), e cada escolha minha resultou na mudança de vida de alguém, e cada consequência da consequência fez o mesmo por esta ou outras pessoas. Somos uma cadeia social de ações que interferem em outras pessoas...é inevitável. Me peguei pensando nisto quando assisti um filmezinho pela terceira ou quarta vez: "A máquina do tempo!"
É sonho de todo viajante procurar e encontrar respostas... e em algum momento a gente chega em encruzilhadas com escolhas irreversíveis, mesmo que sejam boas e múltiplas escolhas. Eu caí acidentalmente em um check point depois de escolhas que julguei mal feitas... depois tentei reparar minhas escolhas, e então percebi que tudo aquilo era o universo conspirando ao meu favor. Continuo experimentando este sabor das escolhas que faço, com interferências das energias... entre num momento onde tudo esta indo perfeitamente. As pessoas em meu entorno, as circunstâncias de trabalho que me favorecem, os sinais que posso ler graças a minha onda de positividade... tudo isto é um momento com características próprias e que estou experimentando. É como se eu estivesse a bordo de um balão e de uma hora para outra o vento mudasse minha trajetória. É inevitável... mas assim como é inevitável, por algum motivo entendo que é também a melhor, minha única opção... seguir em frente é a opção maravilhosa da vida! Eu gosto de pensar que é mais fácil se perder do que se achar em meio ao oceano ou a floresta... reencontrar o caminho é praticamente impossível. É mais fácil seguir em frente e entregar para o universo e para tua intuição do que tentar reconhecer o caminho de volta para um lugar que não estava bom. Isto, diz respeito as pessoas que estavam na sua vida... mas não coloque a responsabilidade nelas. Elas vivem também seus paradoxos e experiências, felizes ou infelizes, formam suas próprias opções de estrada ao sabor do vento, é inevitável para elas. A missão delas junto de vc, terminou... elas tiveram um propósito, mas acabou. Ou quem sabe podem participar de algo no futuro, não tem como saber, mas isto é tão improvável como encontrar o caminho de volta no meio do mar. É mais fácil vc encontrar novas pessoas do que conseguir se adaptar e aceitar condições contestáveis pela segunda oportunidade. Siga em frente... é bom demais, é inevitável, é a opção maravilhosa da vida de escolhas. Desconhecer é o prazer do conhecimento... ele te leva a elevação, a evolução! É a única opção da condição humana... ir em frente!