Num ritmo melhor...


             Eu vivi um período cujo o ritmo era maluco... acordava, ligava computador antes de tomar café, olhava caixa de entrada de emails pra saber quantos pedidos tinha, corria pra vender. Até que aos poucos migrei para a fotografia... que não me ofereceu vida mais fácil, mas mais leve. Eu conheci pessoas melhores, eu vivi junto da alegria, eu criei outras perspectivas! Foi então que outras mudanças foram acontecendo... dentro do peito, batia um coração em outro ritmo. Eu queria ver o mar, pescar, pegar onda... eu vi que a vida era outra. Não precisava ser dura... era divertida. Dá pra viver de trabalhar de dia e cair na diversão pelo menos dois dias da semana. Eu não tenho prazo pra férias, tampouco garantias, mas é exatamente por isto que imponho algumas normas. QUando eu vejo uma onda, só o que quero é pegar e correr a parede... sentir a força do mar. Se der pra "encanudar" no vazio tubular do mar, melhor! O simples fato de tocar a água me deixa relaxado! E aqui, a regra é... divirta-se!