Mãos

Mãos de Caroline Rolim. Foto: Roberto Furtado

Mãos de Jonathan Toniazzo. Foto: Roberto Furtado
        As mãos... delicadas, macias, discretas, pequenas, ou fortes, grandes, hábeis com ferramentas. Digitam ou escrevem, lançam sinais, complementam explicações. Não falam nada além de movimentos silenciosos... por vezes, estalam dedos, palmas como manifestação! Poucas vezes percebemos o brilho das mãos... tão mais fácil é olhar um sorriso, altura certa do rosto, direção logo abaixo dos olhos. Se sorrisos são manifestações livres do contato... mãos podem conquistar ao toque. A mesma mão que empunha uma chave pesada, pode ainda, fazer afago suave... a pele se arrepia, impossível disfarçar. Quero, pode... aceita, carinho é entre amigos, familiares, casais... tanto faz! Tudo real... tanto faz origem ou destino do gesto. Mãos... se sujam, se lavam, transportam, realizam tarefas delicadas, tarefas pesadas, digitam ideias! Tantas manifestações de carinho, sempre através de mãos... mesmas mãos, que empunham armas, que geram medo, que defendem os fracos, que assinam documentos. Veio mão... confirmou acordo no aperto, mas olhava-se para os olhos. Duas confirmações, uma visual, outra física. A importância do contato...
As mãos... macias, tocaram o rosto, convenceram existência de intenção. Vieram e escorregaram pelo corrimão, resistiram ao peso do maçaneta, empunhadura de ferro de passar, sovaram massa de pão. Unhas... dedos castigados, sinais indicados. Palavras... soltas sonoramente, materializadas, pelos gestos, das mãos. Mãos apertadas, nervosas, desgastadas e calejadas... cortes, arranhões, secas pelo uso. Sentido... para mãos, tantos há! Convenções para acionar mecanismos e botões... estranha vida das mãos. Pode não significar nada para alguém de acordo com o proprietário... para outros, melhor remédio do mundo. Não há melhor afeto em relevo que a mão sobre o rosto, acham-se gesto. Sem mais... sou simples em excesso para falar de mãos, complexa importância sobre nós mesmos. Eu sei apenas que gosto... gosto de mãos!