O homem livre...


              A liberdade verdadeira é tão estranha... há alguns meses experimento uma condição muito próxima da total autonomia de decisões. Só não neguei trabalho porque isto é uma lacuna já devidamente preenchida no meu entendimento de que isto não faz o homem preso, livre é o homem que trabalha. Trabalho é liberdade... e "liberdade é ter coragem" de ser o que bem entende o homem! O homem livre... acho que o homem livre é aquele que se dá conta, que pode optar, realizar escolhas, mesmo que elas o carreguem para um futuro que não pareça livre. Lembre-se... escolheu! Eu sei o que é liberdade desde de sempre... quando eu nadei pela primeira vez em direção ao mar aberto, alcançando a última arrebentação, senti a água passando pelo meu corpo com força. Eu sentia as bolhas de ar se chochando contra o meu corpo a cada estourar de onda, como se estivesse em uma substância com efervescência. As pequenas sensações... elas me deram todos os sinais da verdadeira liberdade. Dê-me um par de pés de pato e um desafio... e então serei capaz de experimentar o quanto posso. Evidente que posso muito... estou pra conhecer alguém mais forte que eu na água, mas sei que existe. A liberdade que sinto... a água, a pureza dos pensamentos! Eu sou aquilo que quis ser... eu sou livre. Nem grande, nem menos, exatamente o que quis... as referências? Bem, as tuas não são como as minhas... quem vence ao vencedor. Esta perto de fazer 30 anos que pego onda... que calço os pés de pato e furo ondas sentindo-me impossível de ser derrotado. Medo... já tive, do escuro, do mar, do que esconde cada ondulação, do que pode um semelhante contra mim, contra outro. A cada minuto tenho menos... mais certeza dos riscos, menos medo, mais coerência nas minhas ações. "Disciplina é liberdade..." quando você sabe como escolher. Sabe onde me sinto impossível, livre e eterno... no mar! Guardei todas as lembranças boas... joguei fora tudo que não precisava. Encontrei a paz e a liberdade... agora, desejo deslizar sobre as águas, uma tal de liberdade. Sou mesmo... um homem livre. E tudo não passa de fantasia, afinal de contas, isto é impossível. "Você não pode ver arco-íris atrás de uma onda, é fantasia! Não seja infantil..." O direito de acreditar me permite liberdade... um homem verdadeiramente livre é aquele que escreve sobre sua própria liberdade!