O meu lugar...

Fiquei de plantão... todo fotojornalista, uma hora ou outra, ou muitas vezes, vi fazer plantão! É uma foto realizada com temporizador de 5 segundos. Foto: Roberto Furtado
          Refletir é o que mais faço na vida... a reflexão é uma importante ferramenta na minha construção, pessoal e profissional. Eu apareci aqui nesta terra com um único objetivo de vida... viver! Acho muito estranho isto das pessoas virem para cá, para esta existência material, sobre a face da Terra, com objetivo de ganhar dinheiro. Talvez, ganhar dinheiro possa ser uma consequência, mas objetivar isto... me parece um ato meio incoerente, pra não chamar de estupidez. Eu caminhei muito... e quando alguém diz pra mim: "mas tu veio de lá caminhando?" Eu fico pensando que coisa estranha alguém achar que solução pra tudo é carro, bus, ou seja lá qual for o veículo automotor. Eu nasci descalço, saudável, com fortes pernas e braços... um pulmão fraco, mas um coração forte. No fim, o pulmão endireitou e agora eu corro, pego onda, mergulho, pedalo... e tu tem que ver a minha face de felicidade quando eu faço uma destas coisas. O meu lugar... eu pensei por muito tempo onde era o meu lugar. Acho que não existe um lugar pra mim... a minha mãe dizia desde que eu era pequeno, que o mundo é a minha casa, que eu era o vento, que ia correr, conhecer ambientalistas e a natureza. Me deslumbrava com tudo... eu tinha uns 10-12 anos e pulava de lugares altos que deixavam os colegas de queixo caído. Eu corria forte, tomava vaca de onda grande, me quebrava as vezes... como aquela vez que dei de cara no banco de areia, mas pode ter certeza que a onda era grande. Sim... eu quebrei uns dentes, cortei o lábio e fiquei até tonto com a porrada. E sabe o que aconteceu? Eu continuei fazendo a mesma coisa... e se eu passaria pela mesma coisa? Sim... eu sou o ontem, pra ser um presente que se apresenta com esta configuração. O meu lugar... é este aqui. Escrevendo, pensando, fotografando... eu sou um profissional da comunicação. Um fotógrafo com extras... e deixe estar ou ser! Continuo lutando para crescer profissionalmente, pra ser melhor, não pelo dinheiro. Estou aqui nesta terra, por enquanto, pra ser o que eu puder ser de melhor... bem lembrado, pelo que disse, fiz, ou fui. O tempo... não o perca correndo atrás de coisas que não te farão melhor, pense nos teus amores, eles são a única coisa que realmente importa. Quanto mais me aproximo do fim da estrada, mais paz encontro... evoluir pra ser feliz. Cheguei na metade da minha caminhada... espero ter algumas mãos pra pegar quando estiver na hora de partir. Isto me traz paz! O resto... pouco importa!