Absoluto

A estrada da vida... é uma visão do infinito, com realidade de objetivar o alvo no dia seguinte. O foco não pode estar a dois passos de distância, a construção é para ser alcançada em curto espaço de tempo. Dê tempo ao tempo, mas coloque metas próximas. Elas farão você se movimentar gradualmente na transposição de fatos.  Estrada em Tavares, RS.
Foto: Roberto Furtado
           Estar em equilíbrio nos pensamentos... este é o grande momento que eu queria viver. Não sei se é a idade, ou talvez a junção de todas as experiências vividas, pode ser que seja a mesma coisa! Sentir pleno... o que é isto? Acho que todo mundo procura uma paz que só é verdadeira quando tudo passa a ser leve, independente do nível de dificuldade de um obstáculo. Olhar para toda situação de cima, como se estivesse mais alto que tudo ao teu redor é uma forma de ter clareza sobre como proceder frente a qualquer situação. Assim me sinto... e não foi a toa. Uma estrada se constrói vivendo, saboreando o doce e o amargo. Conduzir tudo é uma resultante de tudo que se viveu, tornando-se prudente, com os negócios, com o coração, com as pessoas que se movimentam no teu mundo. Ver o mundo sem fronteira é saber respeitar-se e respeitar ao próximo. Manter a calma, ser exemplo! Afinal, estando você por mais tempo aqui, deve isto aos mais jovens. Deve... deve sem obrigação, deve a você mesmo! Se permitir, manipular se for preciso, ou melhor, conduzir teu próprio caminho, que é também... se afastar ou se aproximar, calando-se ou oferecendo um pensamento sábio. Tudo depende de quem esta em alinhamento espacial contigo. Aqui... ou em 10 mil km, sempre tem alguém precisando, oferecendo ou precisando viver uma experiência com você. Eu não sei se as pessoas conseguem entender tudo que digo, pois vejo pessoas inteligentes tendo dificuldade para interpretar palavras simples, frases claras, pensamentos presentes e de acordo com uma mesma realidade. Tudo é o tempo em que cada um se encontra... alguns fragmentam suas vidas em áreas, familiares, sociais, profissionais, cíclicas, visuais! Programam em partes e vivem apenas estas que conseguem dominar, mas hoje olho para isto com o entendimento de porque eu fazia isto. E vejo muitas pessoas fazendo o mesmo... e agora entendo. É fácil viver no que você domina e, muito mais fácil ignorar outras partes que estão em turbulência. Então, a resposta para quem evita o temporal é excluir a caixa onde se encontram os desalinhamentos, pois reorganizar tudo nem sempre parece viável. Reorganizar... ao que parece, parece impossível! Só que reorganizar é uma ação constituída de etapas. Você precisa viver cada uma destas etapas, inclusive da consciência de que não esta conseguindo alinhar... e este esforço somado ao tempo, se encarrega de dar-te visão para as respostas. Dominar a mente... não é para aqueles que fogem dos pensamentos, mas sim para aqueles que os enfrentam. Focar-se somente em alguns fragmentos da vida pode ser muito bom, mas são insuficientes para dar solução ao conjunto que forma a tua vida. Fugir... fugir é uma ação que protela, evita temporariamente os desafios e suas soluções. Enfrentar significa conseguir ou fracassar, mas a resultante construtiva é o único prêmio verdadeiro de todo enfrentamento. Se cheguei até aqui... e sinto o que vejo agora, depende de tudo que vivi. Me transformei em uma energia que olha o mundo, com a cautela da avaliação de onde pisar, sem evitar o caminho, querendo viver as experiências sem condenar a mim mesmo ou a quem cruza meu andar. Ali, descobri uma receita intransferível de como me portar, amar que quer que seja que passou por mim, sem pesar. Como diz uma música conhecida, "se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi!"
E assim a gente aprende, e um dia, sente-se de uma forma que poucos compreendem... absoluto no próprio universo! Este estado de existência atrai tudo ao teu redor, pois as pessoas querem compartilhar contigo estes momentos. Você atrai tudo de bom... você é parte de um universo em equilíbrio, tornou-se absoluto.