Outra noite que se vai...

Armandinho e banda, no Planeta Atlântida 2018, na SABA. Foto: Roberto Furtado
       Ser um fotojornalista foi um presente da vida para mim... eu ganhei! Cada vez que apertei o botão da câmera e contei as histórias, devidamente legendadas, entendi que garanti que algo se tornasse do conhecimento do mundo. Aconteceu, estive lá, contei pro mundo... e isto me dá um orgulho. Eu conto as verdades!
Já fotografei o Armandinho e banda umas quatro vezes... uma das vezes até troquei uma ideia com ele nos bastidores. Um cara bastante simples... e pela musicalidade, se percebe o talento transbordando, assim como me vejo fotografando, sem querer comparar um com o outro. O objetivo é falar da paixão... que cada um tem uma, a força expressa por uma maneira. A minha é fotografar... talvez até escrever, mas com certeza sou um fotojornalista, vou morrer sendo isto. A gente não nega e não pode deixar de ser o que é... pode até fazer outra coisa, por motivo qualquer que seja, mas quando a gente descobre o que é, nunca mais deixa de ter esta certeza.
A letra desta música "Outra noite que se vai...", me faz pensar em coisas pelas quais passei, ou passo. Estou livre do passado, mas foi tão difícil... e eu não tenho mais dúvida que mais dia, menos dia, viverei algo muito bom, talvez melhor do que tenha vivido. Sobre o que sou... tenho paz, sobre o que vivi, tenho paz. Sobre o futuro... bom, sei lá. Tô vivendo no presente... e parece que os sensíveis, os poetas, os bons leitores e ouvintes, usam a música para serem atingidos. Todo músico sabe disto... 
Ando preso, por motivos acadêmicos, mas logo voarei outra vez... talvez em outra noite! Vou deixar aqui a letra da música...

Roberto Furtado

Outra Noite Que Se Vai

E outra noite que se vai
E eu não to correndo atrás
Quanto tempo já passou
E a gente nem se falou
Quanta coisa a gente faz
Depois quer voltar atrás

Outra noite que você
Passa e finge que nem vê
Não esconde o teu rancor
Quer tentar me enlouquecer
Quanta coisa a gente faz
Depois quer voltar atrás

Então me diz alguma coisa
Bate aqui de madrugada
Pra lembrar daquele tempo
Pra sempre ou só por um momento
Me dá um beijo na boca
E depois me leva pra tua casa

Perguntou por mim que eu sei
Olha por mim vai tudo bem
Disse que me viu passar por ai
E que eu não tava muito bem
Quanta coisa a gente faz
Depois quer voltar atras

Então me diz alguma coisa
Toca um Marley na viola
Pra lembrar daquele tempo
Pra sempre ou só por um momento
Me dá um beijo na boca
E depois me leva pra tua casa

Perguntou por mim que eu sei
Olha por mim vai tudo bem
Disse que me viu passar por ai
E que eu não tava muito bem
Quanta coisa a gente faz
Depois quer voltar atrás

Então me diz alguma coisa
Toca um marley na viola
Pra lembrar daquele tempo
Pra sempre ou só por um momento
Me dá um beijo na boca
E depois me leva pra tua casa

Armandinho